Política G1 - Política

Itamaraty fecha primeira versão de lista para resgatar mais 55 brasileiros e palestinos em Gaza

O Ministério das Relações Exteriores fechou uma primeira versão da segunda lista de brasileiros e palestinos (com algum vínculo com o Brasil) que podem ser resgatados da Faixa de Gaza nas próximas semanas.

Por André Miranda

20/11/2023 às 14:46:26 - Atualizado h√°
O Ministério das Relações Exteriores fechou uma primeira versão da segunda lista de brasileiros e palestinos (com algum vínculo com o Brasil) que podem ser resgatados da Faixa de Gaza nas próximas semanas.

Segundo membros do Itamaraty ouvidos pelo blog, as instruções sobre essa lista com 55 nomes serão enviadas ainda nesta segunda-feira (20) para diplomatas no Cairo (Egito), em Tel Aviv (Israel) e em Ramala (Cisjord√Ęnia, território palestino).

São esses diplomatas que negociam em nome do Brasil, por meio das embaixadas, para conseguir a liberação dessas saídas da Faixa de Gaza – território que, há um mês e meio, é o centro do conflito entre Israel e o grupo terrorista isl√Ęmico Hamas.

A primeira versão da lista marca o início da negociação em termos concretos e objetivos. Os nomes não foram divulgados e o documento não é definitivo: o número de pessoas a serem resgatadas ainda pode aumentar nos próximos dias.

Além da definição de quantos e quais brasileiros e palestinos seriam resgatados para o Brasil, a operação depende da negociação com as autoridades locais e com os países envolvidos no confronto. Os critérios para a saída da Faixa de Gaza vêm sendo conversados com Israel e Egito, entre outros governos.

Ministra palestina diz que Israel deu ordens para esvaziar maior hospital de Gaza

A primeira operação de repatriação de brasileiros e palestinos que estavam na Faixa de Gaza aconteceu há uma semana. O voo com 32 pessoas resgatadas pousou em Brasília na noite da última segunda (13), mais de um mês após o início do conflito.

Além de 22 cidadãos brasileiros (natos ou naturalizados), havia 10 palestinos – três parentes de primeiro grau de brasileiros, e sete portadores do Registro Nacional de Migração (RNM) que devem receber status de refugiados. Eles estavam no Sul da Faixa de Gaza, nas cidades de Khan Younis e Rafah.

Segundo a Aeronáutica, essa foi a maior operação de resgate de brasileiros em áreas de conflito no exterior.

Brasileiros que estavam na Faixa de Gaza desembarcam na base aérea de Brasília
Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

O Jornal

© 2023 Copyrigth 2023 - O JORNAL, todos os direitos reservados.
Avenida 9 nº 625 - Sala 8 - Centro - Rio Claro - SP

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Jornal