Sa√ļde

Campanha de vacinação contra gripe termina neste domingo (14)

Imunizante est√° dispon√≠vel nas UBSs e √© a melhor forma de prevenção contra os quadros gripais.

Por Redação

11/07/2024 às 09:50:03 - Atualizado h√°
Imagem Ilustrativa. Foto: Getty Images

A campanha de vacinação contra influenza, disponibilizada pelo Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), encerra no próximo domingo (14), por isso, para garantir a proteção, basta comparecer a uma Unidade B√°sica de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa.

Considerada a forma de prevenção mais eficaz contra a gripe, a vacina é voltada para toda a população acima dos 6 meses de idade. Aqueles que se vacinaram no ano passado, devem reforçar a imunização novamente, pois o vírus passa por modificações, criando a necessidade de seguir o esquema vacinal anualmente. Vale reforçar que os compostas das doses aplicadas ajudam a proteger contra as cepas atuais. A ação divulgada pela SES nos 645 municípios paulistas aplicou, até 4 de julho, um total de 9.157.311 doses.

LEIA MAIS: Governo de SP conscientiza sobre a importância da vacina BCG

Os casos de problemas respiratórios como gripe, rinite e sinusite são intensificados nos períodos de inverno devido às baixas temperaturas e clima seco. Para crianças e idosos, as doenças podem ser ainda mais graves por conta do sistema imunológico mais fr√°gil, levando a demais complicações, internações e até mesmo óbito.

De acordo com a diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da SES, Tatiana Lang, em cerca de 10 meses após se vacinar, a proteção começa a cair, por isso, a importância de reforçar a imunidade e evitar o agravamento das síndromes respiratórias. "O objetivo da vacina contra gripe é reduzir a circulação do vírus e consequentemente, o risco de morte, tendo em vista os casos que evoluem para pneumonia".

Quais os sintomas de uma síndrome gripal?

Os indivíduos podem ser acometidos por pelo menos dois dos seguintes sintomas: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou gustativos.

Em crianças menores de dois anos de idade é comum apresentar sintomas como, tosse, coriza e obstrução nasal. A maioria dos sinais costumam melhorar após uma semana, j√° a febre tem duração de 2 a 3 dias após o início da doença. A fadiga, a tosse e o mal-estar podem persistir por algumas semanas.

Em adultos infectados, o vírus influenza é transmissível nas 24 horas antes do início dos sintomas e em até 3 dias após o final da febre. As crianças e os pacientes com sistema imunológico enfraquecido podem transmitir o vírus por mais tempo.

Como se prevenir contra os vírus respiratórios?

Além de manter a caderneta vacinal em dia, também é fundamental seguir algumas regras como:

  • Higienização frequente das mãos e objetos;
  • Mantenha o ambiente arejado;
  • Beber bastante √°gua e manter-se hidratado;
  • Ter uma alimentação saud√°vel e rica em frutas, verduras e legumes;
  • Reforçar a imunidade;
  • Manter o ambiente domiciliar limpo e livre de poeiras e mofos;
  • Suplementação de vitaminas e minerais, se necess√°rio.

Tem alguma dúvida sobre a vacinação?

O Governo de São Paulo, por meio da SES/SP, criou o portal "Vacina 100 Dúvidas" com as perguntas mais frequentes sobre vacinação nos buscadores da internet. A plataforma esclarece questões como efeitos colaterais, efic√°cia das vacinas, doenças imunopreveníveis e quais os perigos ao não se imunizar. O acesso est√° disponível no link: https://www.vacina100duvidas.sp.gov.br/

Fonte: Governo do Estado de São Paulo
Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

O Jornal

© 2024 Copyrigth 2023 - O JORNAL, todos os direitos reservados.
Avenida 9 nº 625 - Sala 8 - Centro - Rio Claro - SP

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Jornal
Acompanhantesgoiania