Política G1 - Política

PGR denuncia ao STF coronel e ex-assessor do GSI por defender golpe

José Placídio Matias dos Santos cobrou atuação das Forças Armadas no dias dos ataques às sedes dos Três Poderes.

Por André Miranda

11/06/2024 às 15:20:16 - Atualizado h√°
Foto: O Globo
José Placídio Matias dos Santos cobrou atuação das Forças Armadas no dias dos ataques às sedes dos Três Poderes. A Procuradoria-Geral da República denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o coronel da reserva José Placídio Matias dos Santos, por incitação ao golpe de estado. Ele foi assessor no Gabinete de Segurança Institucional (GSI) durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A acusação, que está sob sigilo no STF, apontou que o militar fez diversas postagens em uma rede social, entre dezembro de 2022 e janeiro de 2023, para incitar golpe de estado.

No dia dos ataques às sedes dos Três Poderes, o coronel cobrou uma insubordinação das Forças Armadas ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

PF considera que 159 pessoas envolvidas nos ataques de 8 de janeiro são foragidas

O coronel chegou a ser investigado na Justiça Militar, que concluiu pela existência de autoria e materialidade do crime Incitar à desobediência, à indisciplina ou à prática de crime militar.

A Justiça Militar, no entanto, atendeu a um pedido do Ministério Público Militar e enviou o caso ao Supremo por avaliar que o caso envolvia incitação ao crime.

Se o Supremo receber a denúncia, o coronel passa a ser réu e vai responder por incitação ao crime.
Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

O Jornal

© 2024 Copyrigth 2023 - O JORNAL, todos os direitos reservados.
Avenida 9 nº 625 - Sala 8 - Centro - Rio Claro - SP

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Jornal