Sa√ļde

Vigilância Epidemiológica divulga análise epidemiológica de dengue no município

Orientação √© para que as pessoas procurem atendimento m√©dico diante de sintomas da doença.

Por Redação

17/05/2024 às 08:22:11 - Atualizado h√°
Imagem Ilustrativa. Foto: Getty Images

A Vigilância Epidemiológica de Rio Claro divulgou nesta quinta-feira (16) material em que faz a an√°lise epidemiológica do cen√°rio de dengue no munic√≠pio. A procura por atendimento médico antes de agravamento da doença é uma das principais recomendações.

Na situação atual persiste o patamar de alta transmissibilidade da doença e emerg√™ncia em sa√ļde, observados desde meados de março.

"Todas as medidas de prevenção e cuidados relacionados à dengue devem ser mantidas, em especial a procura por atendimento médico na presença de sinais de alarme", orienta Suzi Berbert, diretora de Vigilância em Sa√ļde. A an√°lise dos óbitos sugere que os casos se agravaram devido à procura tardia de atendimento médico, com a doença j√° em est√°gio avançado (classificação de risco D), dificultando a recuperação. "Além disso, é importante ressaltar que em muitos casos a evolução da dengue é agravada por doenças crônicas", pontua a an√°lise da Vigilância Epidemiológica. São sintomas de dengue: febre, dores no corpo e articulações, dor atr√°s dos olhos, manchas vermelhas pelo corpo, falta de apetite, dor de cabeça e mal-estar.

O boletim mais recente, divulgado na terça-feira (14) aponta dez óbitos por dengue neste ano no munic√≠pio. Rio Claro também tem sete óbitos em investigação e um total de 2.321 casos. A incid√™ncia de dengue est√° distribu√≠da generalizadamente por todas as regiões geogr√°ficas do munic√≠pio.

"Não existe, no momento, indicação de redução na incid√™ncia de dengue no munic√≠pio. Contudo, a aus√™ncia de chuvas e a esperada redução de temperatura nas próximas semanas podem contribuir para a redução da incid√™ncia de dengue", informa a Vigilância.

A Fundação Municipal de Sa√ļde colocou em funcionamento na semana passada centro de atendimento a pessoas com dengue. Em dez dias, o serviço j√° atendeu quase 3.300 pessoas. O novo serviço de sa√ļde funciona diariamente, incluindo finais de semana, das 7 às 19 horas, em prédio da Udam, na Rua 11, entre avenidas 30 e 32, Santana.

Fonte: Prefeitura de Rio Claro
Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

O Jornal

© 2024 Copyrigth 2023 - O JORNAL, todos os direitos reservados.
Avenida 9 nº 625 - Sala 8 - Centro - Rio Claro - SP

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Jornal