Economia

Taxa de juros para empréstimo pessoal se mantém estável, com queda de -0,01% em fevereiro

Levantamento foi realizado pelo Procon-SP.

Por Redação

20/02/2024 às 13:22:07 - Atualizado há
Imagem Ilustrativa. Foto: Getty Images

Levantamento mensal do Procon-SP feito nos principais bancos comerciais do país, constatou que a taxa média de juros para empréstimo pessoal foi de 7,94% ao mês, uma redução de 0,01 p.p. em relação ao mês anterior, que era de 7,95% ao mês.


Nesta modalidade, as instituições que apresentaram alteração foram: Banco Itaú, que reduziu sua taxa de 9,57% a.m. para 9,53% a.m., o que significa uma redução de 0,04 p.p; também o Bradesco reduziu sua taxa de 9,64% a.m. para 9,61% a.m. Os demais bancos mantiveram suas taxas sem alteração em relação ao que praticavam no início de janeiro.


O cheque especial permanece sem alterações desde fevereiro de 2021, com uma taxa média de juros de 7,96% ao mês em todos os bancos pesquisados.


Os dados foram coletados em 5 de fevereiro nas instituições financeiras Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Safra e Santander.

Veja o relatório completo https://www.procon.sp.gov.br/wp-content/uploads/2024/02/RTTXJUROS02.24.pdf

Análise


O orçamento do consumidor continua sofrendo os reflexos dos gastos com as festas de final do ano e das despesas típicas do começo do ano. Apesar da queda da taxa Selic, os juros continuam altos para o tomador de crédito. Sendo assim, especialistas do Procon-SP recomendam que o consumidor deve refletir antes de contratar um empréstimo.

Fonte: Procon-SP
Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

O Jornal

© 2024 Copyrigth 2023 - O JORNAL, todos os direitos reservados.
Avenida 9 nº 625 - Sala 8 - Centro - Rio Claro - SP

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Jornal